contato@orisatola.com.br | Tel.: (11) 93393-5432 / (11) 4425-8555.

IEMANJÁ

Em alguns mitos Iemanjá é esposa de Oranyan, descendente de Oduduwa e fundador mítico de Oyó, de quem ela teria concebido Xangô. É considerada mãe de muitos orixás, entre os quais Ogum e Oxum. O nome Yemoja, constituído de Ye (mãe), omo (filho) e eja (peixe), significa Mãe dos filhos peixes. Iemanjá, mais relacionada ao poder genitor do que à gestação, é também chamada Awoyo (Elegante e Bela, Agradável aos olhos). Senhora de todas as águas, é associada à fertilidade, à procriação e ao poder das Iyami; abençoa seus devotos concedendo-lhes fertilidade, longevidade, prosperidade, paciência e motivação para lutar pela vida. Um de seus orikis diz:

Diante da casa da Senhora dos barcos brota a prosperidade.
No quintal da Senhora dos barcos brotam pérolas.

Seu metal é a prata. Seus símbolos incluem o mar, as embarcações, o coral, as conchas e estrelas do mar, os fósseis marinhos; óta (pedra de assentamento); ìrùkèrè (cauda de animal que, após preparo artesanal e mágico, é carregada por sacerdotes e reis como sinal de realeza e poder); búzios. Suas cores são o branco e todas as tonalidades de azul. Seus colares são feitos de contas brancas transparentes e azuis, em diferentes tons.

Fonte: ODUDUWA – Templo dos Orixás 
fd-rodape